agosto 08, 2006



Reticencias
Mariza Fontes de Almeida

Às vezes eu imagino
que tenho alguém
perto de mim...
Alguém que eu amo
e que me quer também;
que olha nos meus olhos,
que pega no meu rosto,
alguém que sabe o gosto
que o meu coração tem...
Sabe, de vez em quando
a minha imaginação
trabalha tanto,
que chego a ver você!
Chego a sentir sua mão!
Vê?...
Parece que você está aqui agora,
no entanto...

Um comentário:

jaw disse...

Muito grato por levar as palavras e sentimentos de minha amada mãe para olhos sensíveis espalhados pelo mundo. Se quiser mais dados sobre ela e seu trabalho, por favor entre em contato. João Antonio Wiegerinck (jaw@biocon.pro.br)