abril 24, 2009



O que o vento não levou
Mario Quintana

No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as
únicas
que o vento não consegue levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha um dia o próprio vento...

2 comentários:

Anônimo disse...

Linda Flor
Bom dia...
Simplesmente lindo teu blog...
Bjinhos,
Morgana.

Lucy disse...

Boa tarde Marie.
Eu não poderia deixar de vir aqui te agradecer pelos coments que deixou.

E dizer que a bendita TPM,passou(Ebaaaa rs ).

Agora estou assim...leve leve como o vento .
Bjinhos de mel....
Bom findi.