julho 02, 2009



As Estrelas
Mario Quintana

Foram-se abrindo aos poucos as estrelas...
De margaridas lindo campo em flor!
Tão alto o Céu!... Pudesse eu ir colhê-las...
Diria alguma se me tens amor.

Estrelas altas! Que se importam elas?
Tão longe estão!... Tão longe deste mundo...
Trêmulo bando de distantes velas
Ancoradas no azul do céu profundo...

Porém meu coração quase parava,
Lá foram voando as esperanças minhas
Quando uma, dentre aquelas estrelinhas,

Deus a guie! do céu se despencou...
Com certeza era o amor que tu me tinhas
Que repentinamente se acabou!

7 comentários:

Lucas Lima disse...

“Se as coisas são inatingíveis... ora!
Não é motivo para não querê-las...
Que tristes os caminhos, se não fora
A presença distante das estrelas!”
Mário Quintana
Bons dias

Lucy disse...

Boa noite querida Marie.

Bjo
=))

Cleo disse...

Oi amiga, tudo bem? Ta lindo isso aqui, viu? E a vida como vai?? beijos

Leslie Holanda disse...

Marie,
E porque a vida é feito de sons, tons, sonhos.
Beijos

Morgana - Euluazinha disse...

Adorei o céu,a margarida e as estrelas...
Que seja eterno enquanto dure...
Beijinhos minha linda flor....

Morgana - Euluazinha disse...

Pô Marieeee, nem no seu niver vc vai colocar algo aqui??? rsss, de qualquer forma um ótimo e Feliz niver para ti minha lindinha mana rosa, felicidades mil para ti., beijinhos.

Lucas Lima disse...

Andaste escrevendo pouco em, rs
Bom fim de semana